Uma Joint-Venture para o Sucesso do Turismo Equestre

Oct 30th, 2015 | By | Category: PORTUGUESE NEWS

(by www.equisport.pt)

A ANTE e a WESTUR – Gestão de Turismo Sustentável, iniciaram hoje uma parceria que sustenta e argumenta a criação de uma Rede de Turismo Equestre com a chancela da Marca “Turismo Equestre Portugal”, numa sequência do “1º Congresso Português de Turismo Equestre”, que teve lugar no passado mês de Setembro, em Lisboa.

A parceria será firmada em Protocolo por ocasião da Feira Nacional do Cavalo 2015.

E porquê?

Porque em Portugal, o Cavalo desempenha um papel de grande destaque na nossa Tradição e na nossa Identidade Cultural, diferenciando-nos na “aldeia global” que hoje integramos, revelando-se, assim, determinante como factor de desenvolvimento e crescimento económico;

Porque o Cavalo é relevante no território nacional, nomeadamente como complemento do “mundo” agrícola, como suporte à formação académica e desportiva e ainda como atractivo turístico em todas as suas vertentes e modalidades;

Porque os inúmeros certames e eventos que acontecem em seu redor, tais como feiras, manifestações tauromáquicas, provas e concursos, atraem e captam visitantes, mobilizando milhares de turistas, além da Criação e Preservação das nossas Raças Autóctones, como o Puro-Sangue Lusitano, como o Garrano, como o Sorraia e como o Pónei da Terceira, assim como Cavalos de outras raças nados e criados no nosso País, . Este Protocolo tem como um dos seus principais objectivos o sustento da promoção e divulgação desta realidade;

Porque essencialmente a existência de Alojamentos de Turismo em Espaço Rural (TER), em área protegida, em meio rural, ou noutras tipologias, desde o Hotel ao Hostel, determina que sejam relevantes e se identifiquem com os objectivos deste Protocolo, que visa captar e acolher turistas, com características vocacionadas para a prática de Turismo Equestre;

Porque existe uma Red Europea de Posadas Ecuestres (REPE) implementada e representada em Portugal pela WESTUR – GTS, Lda, via programa de cooperação LEADER do PRODER – Programa de Desenvolvimento Rural do Continente em parceria com as Associações de Desenvolvimento Local de Portugal, Espanha, França e Hungria em território nacional e se representa pela designação de RTE – Rede de Turismo Equestre;

Porque se pretende criar um conjunto de Rotas e Itinerários Equestres associados a Alojamentos Turísticos em Espaço Rural devidamente legalizados e que têm os equipamentos necessários à candidatura a REPE/Posadas Ecuestres e RTE/Casas de Turismo Equestre , seguindo os padrões de elevada qualidade, para um Turismo Equestres de Excelência, que é o alvo deste Protocolo ;
E sobretudo porque…

A Comissão Técnica da Federação Equestre Portuguesa (FEP), nesta área, é representada pela Associação Nacional de Turismo Equestre, por Circular da FEP nº 20 ADM/2002, de 03 de Julho e que a esta lhe está atribuída a Classificação e a Certificação dos Estabelecimentos Equestres que integram a Rede Nacional de Centros Equestres Federados, neste Protocolo serão apreciadas as seguintes Classificações: turística de exterior, a de aluguer e de ensino;

A ANTE, necessita de um parceiro como Operador Turístico de confiança, no qual delegará essa vertente;

A ANTE, do Minho ao Algarve, incluindo o Portugal Insular, desenvolverá a vertente de Turismo Equestre, junto das Entidades Regionais de Turismo, dos Municípios, entre outras, com esta parceria será dinamizado o produto “Turismo Equestre”, característico pela sua complementaridade e abrangência, promovendo o cross-selling de agentes turísticos, projectando Portugal como Destino Turístico neste segmento, neste nicho de mercado.

Assim, a sinergia entre a ANTE e a WESTUR inicia um ciclo de Coopetição, que pretende “agitar” e implicar todos os stakeholders deste segmento que agora se afirma, dentro da indústria do Turismo.


« back to the news overview INTERNATIONAL NEWS
« back to the news overview PORTUGUESE NEWS

 

Leave Comment